top of page
  • BL Marketing

5 dicas para ter eficiência nos processos de limpeza de clínicas médicas e consultórios odontológico






















A limpeza deve fazer parte da estrutura e ser um setor obrigatório para estabelecimentos ligados à área da saúde e mais que isso, essa limpeza deve ser eficiente para seguir os protocolos de limpeza estabelecidos pelos órgãos públicos de saúde para garantir a saúde, segurança e bem-estar dos pacientes e colaboradores.


1. Crie um cronograma para manter uma limpeza regular


O primeiro passo para ter mais eficiência na limpeza de um consultório é ter um cronograma de limpeza que se transformará em um guia de limpeza para os colaboradores, seguir sempre a cada dia da semana.


Padronizar a limpeza e mantê-la regular, ajudará a seguir os protocolos de limpeza necessários para atender os pacientes. Além disso, o cronograma também serve para mapear as áreas com base em prioridades (alta, média e baixa).


2. Mapeamento das áreas com prioridade


A limpeza na área da saúde deve ser realizada com base em prioridades (alta, média e baixa), ou seja, no cronograma de limpeza do consultório deve ser priorizado área de alto, médio e baixo risco.


Alta prioridade


A alta prioridade se dá aos locais com alto risco de contaminação ou propagação de vírus e bactérias, como a própria sala de atendimento e procedimento do médico e dentista, os locais de descontaminação de materiais, onde armazenam o lixo, entre outros. Nessa área, a limpeza redobrada, utilizando EPIS, equipamentos e produtos corretos para o ambientes.


Média prioridade


Geralmente, os pontos de atenção são para locais com mais fluxo de pessoas, como: recepção, banheiros, corredores e afins.


Baixa prioridade


A baixa prioridade pode ser escalada nos locais que tem baixa movimentação de pessoas, como almoxarifados, cozinhas, hall de entrada, entre outros.


3. Dê olho na segurança do ambiente


Estamos falando de ambientes da área da saúde, por isso a segurança é regra de ouro quando falamos em eficiência na limpeza. Por isso, é preciso ter atenção aos fios de equipamento do consultório, aos objetos cortantes e pontiagudos e outros que possam causar acidentes.


É, claro, que a equipe de limpeza deve utilizar EPIs, mas quando falamos em ambientes de atendimento à saúde, todo cuidado é pouco para evitar acidentes e atrasar os processos de limpeza no consultório.


4. Tenha equipamentos modernos para a limpeza


Uma limpeza profissional, em consultórios médicos e odontológicos, para ser eficiente deve contar com equipamentos adequados e produtos específicos para esse tipo de finalidade, isso ajudará na eficiência dos processos de trabalho da equipe de limpeza, além da melhora na produtividade.


5. Invista em mão de obra especializada


Ter uma mão de obra especializada para a limpeza do consultório é a cereja de um bolo para ter eficiência nos processos e protocolos de segurança.


Empresas terceirizadas, como a Atual Administração, seguem protocolos da melhor forma de realizar a limpeza em consultórios médicos e dentistas. Além disso, a equipe de limpeza recebe, periodicamente, treinamentos para realizar o serviço de maneira segura e eficaz.

Comments


bottom of page